domingo, 25 de junho de 2017

PROCURO-TE

Quem és?
onde estás?
procuro
e não te encontro!!!!

Tenho frio
meu corpo treme
com falta dos teus braços....

Meus olhos
turvos de melancolia
porque não sabem dos teus....

Ó como te quero
meu desejo ardente,
te  anseia...

Vem a mim
não te vás

fica comigo
para sempre....


Poema e foto Luís Romariz


pensamento:
a dúvida é o princípio da sabedoria.

Aristóteles

domingo, 18 de junho de 2017

VESTIDO DE VERÃO

 Boa tarde amigas, nesta tarde de calor
venho deixar este vestido que acabei de
confecionar, tem decote redondo, faz leve
evasê, de tecido fresco e leve, próprio para
estes dias de calor....
Atrás leva o fecho e o decote em V não muito
pronunciado.....


Gostaram amigas????

Boa semana e bjs



Mira.

terça-feira, 13 de junho de 2017

MADRUGADAS

foto e poema de Luis Romariz
Praia extasiada e nua
o silêncio cai
a noite adormeceu
nos braços frios da escuridão...

O dia despertou
no seio quente da madrugada
vestida de carícias,
pelo sol beijada...

Eu acordo
de sonhos desfeitos
em tardes de melancolia...

O sol deita-se no horizonte
e eu na praia nua
meu corpo entrego em fantasias
que só o amor entende...

quarta-feira, 31 de maio de 2017

IMPROVISOS NOSTÁLGICOS

Esperar...
como a noite espera o dia
como a lua espera o sol
como a areia espera o mar...

Noite...
 companheira silenciosa
lua, terna, tranquila
que espelhas prata no mar adormecido...

Areias onde eu descanso
embalado em teus cabelos
ondas mansas....

Lembrança...
triste e suave
suspiros dos jardins
suspiros das flores
saudade...
a distância...
a ausência...
são lágrimas silenciosas
amargas que desmaiam em meu rosto...
foto e poema LUIS ROMARIZ

segunda-feira, 29 de maio de 2017

VESTIDOS DE CRIANÇA


Olá amigas, fiz estes 2 vestidinhos para criança, este é em tons de verde e no lado leva
um laço com um botão como podem ver aqui...

este é cor de rosa, leva um elástico na
cintura, é debruado com uma fita, não sei
se conseguem ver, há frente fiz um machinho
e preguei botões em vários tons, gostaram?????

Uma boa semana para todos, sejam felizes....

Beijos       Mira

domingo, 21 de maio de 2017

NOTURNO

foto e poema Luis Romariz
 Na varanda do jardim
de longa túnica branca
e o suave rosto inclinado

O crepúsculo invade-lhe a alma
a hora em que sua sensibilidade a alma
se liberta, numa intensa
carga lírica e sentimental....

O crespúsculo  adormece no seio da noite
e a sua maravilhosa expressão
é um convite de confidências íntimas
de amor, nostalgia, dor....

Impossível descrever sensações
de uma tão grande intimidade
que só a noite, é amante,
é confidente...



Pensamento:
A consciência da nossa própria força, faz-nos modestos.

sábado, 13 de maio de 2017

MÃOS de TERNURA

Suaves, ternas e mais adjetivos
me faltam
para definir tuas mãos...

Mãos que se levantam
para acariciar
para curar desilusões,
mãos que dão alento
vida, são como brisas suaves
pois arrefecem a dor...

Tornam os dias sombrios
em luz, a tristeza
em alegria,
alegria de saber
que essas mãos estão
sempre aí...

Para ajudar-me a levantar,
sempre prontas para
ternuras e afetos.
quanto eu amo as tuas mãos...

De Zulmira Romariz dedicado ao meu marido, Luís Romariz.