domingo, 19 de fevereiro de 2017

VIVER SEM AMOR

 Não posso viver sem amor,
por um instante,
pára, olha para mim..

Sou um barco, sem velas,
remos perdidos
madeira envelhecida
esquecida na areia...

Meus olhos são o mar
que no tempo gasto,
e na desordem dos gestos
olho as gaivotas,
espero uma sereia...

Em serena contemplação,
ondas sucedem-se e morrem,
o mar em sua extenção
olha um enorme  areal
inclina seu pescoço
e eu
uma onda nua
vou deitar-me em seu seio...


Pensamento:
Escuta e serás sábio.
O começo da sabedoria é o silêncio.....
Pitágoras
FOTO E POEMA
DE LUIS ROMARIZ

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Roupa interior


Olá queridas amigas,
as minhas últimas
criações, são estas
duas combinações, como chamava a minha
avó, mas que agora estão outra vez em uso,
quer para camisa de noite, quer para andar por baixo dos vestidos,
acho que ficaram lindas...

Se desejarem pode ser
vossa por apenas 10 euros, tirando o porte
se necessitarem que eu
envie pelo correio.

Beijos amigas, continuação de boa semana.


Mira

sábado, 11 de fevereiro de 2017

PROSA POÉTICA


O silêncio das bibliotecas
o silêncio no chão, das sandálias
daqueles que fazem orações,
queles que dia a dia
escreveram papiros de silêncios....

Bibliotecas de silêncios ancestrais,
no ar ouvem-se murmúrios
de saberes antigos,
estantes escurecidas pelo tempo
guardam preciosas relíquias...

Tantas mãos as percorreram
olhos ávidos os leram,
são memórias nas rochas
deixadas e não esquecidas...

Escrevem papiros de silêncios
que nem o tempo os venceu
continuam cheias de sabedoria
e perduram pelos séculos....

Fotos e poema de  Luis Romariz


domingo, 5 de fevereiro de 2017

VESTIDO DE RENDA

Boa tarde amigas,
domingo sem chuva,
temperatura amena,
deu para jejuar
da chuva e vento que
temos tido.

Hoje venho mostrar
o vestido que fiz
em renda, já o postei
aqui, mas como tinha
o casaco por cima,
não deu para ver bem.

A renda é muito linda
o vestido é com mangas reglam
3/4, ficou muito bem
na cliente.
Atrás levou um fecho invisivel, o forro é da
cor do vestido, mas usei um forro acetinado,
para dar um certo brilho ao vestido e também
é mais encorporado para tecidos mais finos,
como é o caso da renda.


Espero que gostem...

UMA BOA SEMANA   BEIJOS

MIRA

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

MORTE VIDA

Adicionar legenda
Fugitiva e transitória
o fantasma da vida,
desafio ao tempo,
um tempo de fragilidades,
aparências num deserto
altas muralhas
miragens,
o esquecimento,
uma secreta paixão
a vida corre ainda,
mas as mãos estão frias
o peito se asfixia
morte...esperas..,
mas a vida
é como uma borboleta
que dança por cima de uma fogueira...




Foto e poema de Luis Romariz


Pensamento:

A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria mente.....

sábado, 21 de janeiro de 2017

SACOLA DAS COMPRAS

Olá amigas, fiz esta sacola para levar ás compras, tem fundura, o tecido é impermeável, as alças não
dá para ver muito bem, mas usei ganga para ficarem mais fortes, se precisarem,faço em qualquer tecido e modelo há escolha, deixem recado....bom fim de semana, bjs.

domingo, 15 de janeiro de 2017

MULHER

poema de luis romariz
Teus olhos são promessas
que agitam o meu ser,
teu sorriso tão leve
de lábios suavemente fechados,
mas sorrindo...

O teu olhar tão parado,
quanta inquietação....
são da cor de mel doce,
teus lábios carnudos, vermelhos,
fruto apetecido....

Teu rosto, cor de tarde quente,
quanto desejo de me sentir
na sombra dos teus cabelos escuros,
suaves promessas loucas...

Quero-me perder
e quando despertar
acordar contigo
nessa seda tão suave
que é teu peito
onde quero repousar....