quinta-feira, 21 de abril de 2016

SILÊNCIO

...E no silêncio das águas...

Num suave azul
de brancas manchas
os meus olhos castanhos,

Uma gota de água cristalina
desliza suavemente
amargurada em silêncios
nas tranquilas águas do rio
onde as gaivotas passeiam seus sonhos...

Momentos de silêncios
meus olhos de água
em águas cristalinas
numa tarde de melancolia...

São águas que deslizam,
são lamentos
dias de chuva
em meus olhos cansados
lágrimas de amargura

Encontro uma madrugada
triste, úmida, desolada,
na maré de ondas desmaiadas.
AUTORIA  LUIS  

22 comentários:

  1. Temos poeta!
    Beijinho
    postigodosmeusdoces.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. O silêncio também fala.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  3. É no silêncio que tanto se diz!
    Excelente poema!
    Parabéns ao teu marido.
    A foto está em total sintonia com o poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Mais um lindo poema! Obrigada Mira, por compartilhar conosco! Bjks Tetê

    ResponderEliminar
  5. Boa noite Mira,
    Magnifico poema!
    O silencio que tanto nos ouve e onde podemos mergulhar as nossas tristezas, as nossas mágoas.
    Parabéns a seu marido e obrigada por ter partilhado.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderEliminar
  6. Poema e foto muito lindos! Parabéns ao teu marido! bjs, chica

    ResponderEliminar
  7. Temos poeta!
    Fantástico. Parabéns

    Uma boa noite
    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Um poema maravilhoso!... Mais um...
    Excelente e inspirado trabalho, como sempre! Parabéns ao seu marido, Zulmira!
    Beijinhos! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar

  9. Doce silêncio, doce madrugada, introspecção.
    Eis que logo amanhece com o rebuliço do dia!...

    Bom fim de semana com tudo de bom!
    Beijinhos.♬♪ه° ·.
    💕ه° ·.

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito! Às vezes sabe muito bem estar em silêncio.

    Beijinhos e um bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  11. Bonito poema!
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Bonito poema!


    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Tão nostalgico e tão belo.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  14. Adoro os poemas do seu marido, Mira :)
    Beijinhos,
    Guida

    ResponderEliminar
  15. Que lindo, Mira querida! Teu marido é muito inspirado, o poema transmite tanto sentimento... Dê parabéns a ele, tem alma de poeta, enquanto você tece com os tecidos, ele tece com as palavras. Beijos!

    ResponderEliminar
  16. Um lindo momento de inspiração!
    Gostei muito!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Mira querida, dê parabéns ao Luis por mim.

    Sentimentos que levam a algum lugar do passado...
    Gostei muito do poema!
    As vezes, o silêncio faz muito barulho.
    Parabéns!
    Beijo
    Ivete

    *

    ResponderEliminar
  18. A passar por aqui para desejar uma ótima semana.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Mais um presente lindo que recebemos do Luis.
    Grata por compartilhar.

    Bjs

    ResponderEliminar