domingo, 19 de fevereiro de 2017

VIVER SEM AMOR

 Não posso viver sem amor,
por um instante,
pára, olha para mim..

Sou um barco, sem velas,
remos perdidos
madeira envelhecida
esquecida na areia...

Meus olhos são o mar
que no tempo gasto,
e na desordem dos gestos
olho as gaivotas,
espero uma sereia...

Em serena contemplação,
ondas sucedem-se e morrem,
o mar em sua extenção
olha um enorme  areal
inclina seu pescoço
e eu
uma onda nua
vou deitar-me em seu seio...


Pensamento:
Escuta e serás sábio.
O começo da sabedoria é o silêncio.....
Pitágoras
FOTO E POEMA
DE LUIS ROMARIZ

14 comentários:

  1. Excelente poema em total sintonia com a magnífica foto!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Maravilhoso tudo:poema,foto! beijos,chica

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Mira.
    Um lindo poema, uma feliz semana amiga. Enorme abraço

    ResponderEliminar
  4. Magnifica inspiração... lindamente conjugada com a foto, e o pensamento final...
    Adorei o post!
    Beijinhos! Feliz semana, para ambos!
    Ana

    ResponderEliminar
  5. Olá, Zulmira!

    Tudo bem? Por aqui,frio e chuva.

    Só agora reparei k é seu marido k faz tão belos poemas e esse não é exceção.
    Pois é, sem amor, sem o seu amor, ele não pode viver, pke se sente como barco abandonado e o mar em toda a sua extensão, lhe causa ainda mais tristeza.

    Adorei o pensamento. De facto, o silêncio tudo nos ensina, pke quem mto fala, pouco acerta, diz o provérbio.

    Beijos para ambos e bom carnaval.

    ResponderEliminar
  6. Lindo poema de amor
    Onde colocas o mar,
    Gaivotas a voar
    E ondas a vaguear

    Em calmaria ou furor
    Feita a ideia de amar
    Sem medir tempo e lugar
    Seja do jeito que for

    A loucura da paixão
    Que atinja o seu coração
    Escravo do sentimento

    Traduzido em emoção
    "Ao mar em sua extensão"
    Sujeito ao sopro do vento.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
  7. Maravilhoso poema, que triste seria uma vida sem amor.
    Beijinhos
    MAria

    ResponderEliminar
  8. Lindo poema amiga Mira.O amor é a base do equilíbrio e da estabilidade humana,sem amor a vida se torna vazia. Bom fim de semana, beijinhos

    ResponderEliminar