domingo, 26 de junho de 2016

FOZ POEMA DE LUÍS ROMARIZ

Águas mornas, que embalam
ventos suaves,
são carícias...
areias claras, mantos suaves
onde se adormece...

Ousadia de ser infância
descobrir que houve história,
origens, lugares...
ter ousadia de gritar,
sim, correr, saltar, ser eu...

Terra, sua mãe...
dupla surpresa,
haver um percurso
isento de tentações,
razão genuina
de simbolismo,
de poesia musical,
doce momento de plenitude...
Aguarela de Jaime Isidoro

20 comentários:

  1. Mais um lindo poema do teu marido Luis! Parabéns! abração,chica

    ResponderEliminar
  2. Quanta sensibilidade! Amei. Feliz semana querida, beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Quanta sensibilidade! Amei. Feliz semana querida, beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Magnífico poema em total sintonia com a foto.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Imagem e poema bonitos! Conclusão terna: "Doce momento de plenitude..."
    Uma boa semana, Mira... Bjs

    ResponderEliminar
  6. Boa noite Mira,
    Magnífico poema de seu marido.
    A aguarela é linda também.
    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
  7. Como sempre o poeta inspirado com cheiro a maresia!
    Essa aguarela é maravilhosa! Bj

    ResponderEliminar
  8. Linda poesia, que legal ter um marido poeta. Parabéns ao seu Luiz.
    Bjos, tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  9. Vim te dar um abraço!
    E como sempre, aqui tem lindas poesias!
    Parabéns!
    Boa semana!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  10. Passei para lhe desejar um lindo dia, mesmo já estarmos quase no final dele.
    O poema e a pintura são lindos.
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  11. Que post, Mira! O poema lindo e a aquarela linda também! Bjks Tetê

    ResponderEliminar
  12. Que linda a alma do teu companheiro, Mira querida! Deus soube mesmo encaminhar vocês um ao outro. Parabéns por mais este lindo poema cheio de sensibilidade e pureza. Beijos!

    ResponderEliminar
  13. Lindo demais! Parabéns

    Beijinhos

    http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. O seu marido é um óptimo poeta amigo.
    Dei-lhe os meus parabéns.
    Bjs. e bom fim de semana.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  15. ه.♩♪♫
    Doces lembranças!!!
    Bom fim de semana!
    Beijinhos.ه♩♫♪

    ♫♪ه° ·.

    ResponderEliminar
  16. Que poema lindo... que nos remete para a infância... e no caso... recordei algumas peripécias passadas no Mondego, em criança... no rio que me ensinou a nadar...
    A aguarela, lindíssima e um belíssimo suporte de imagem, para o poema!
    Beijinhos! Boa semana, para ambos!
    Ana

    ResponderEliminar